às 12:47:00

Univaço inova e usa impressora 3D para melhorar a educação médica

A impressora é a mais nova aquisição da instituição e está passando pela fase de testes.

A Univaço – Faculdade de Medicina do Vale do Aço adquiriu em 2022 uma impressora 3D para aprimorar e facilitar a aprendizagem dos alunos de medicina da instituição, além de trazer grandes mudanças e uma melhor experiência para os professores e colaboradores.

O projeto integra o Núcleo de Inovação, Empreendedorismo, Mobilidade Acadêmica e Internacionalização (NIEMAI), coordenado pela professora Dra. Melissa Ulhôa. O objetivo é utilizar a tecnologia e seus recursos para integrar as áreas de conhecimento e, assim, promover melhorias no ensino.

Atualmente a equipe composta por coordenadores, alunos, e colaboradores administrativos está passando pela fase de treinamento para conhecer melhor a ferramenta e otimizar seu uso.

Segundo o Coordenador Administrativo Financeiro da instituição, Marcelo Campara, o primeiro momento foi destinado à elaboração de um plano de ação para conhecer a ferramenta. Para a segunda fase, será necessário aprender a modelar as peças. Capacitação que está sendo oferecido pela faculdade através de cursos e treinamentos a todos aqueles que estão inclusos no projeto.

“De imediato podemos dizer que será de grande importância para aqueles alunos que estão promovendo algum projeto de pesquisa, pois o auxiliará e consequentemente irá melhorar o desempenho do trabalho. Como isso será ofertado, ainda é algo a ser estudado, mas eles serão os principais privilegiados”, completa Marcelo Campara.

A impressora 3D traz inúmeros benefícios para a educação, como, por exemplo, incentivo à criatividade, alto poder de demonstração, maior autonomia aos alunos, prática aliada a teoria e ainda a possibilidade de utilizá-la para imprimir objetos de estudos, como nos laboratórios multifuncionais e anatomia.


Fonte: