às 14:50:00

Alunos da 10º fase realizam projeto voluntário em São João do Oriente

SBV em São João foi destinado aos profissionais da saúde do município.

Durante os dias 07 e 08 de junho, os alunos da décima fase da Univaço em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Prefeitura Municipal de São João do Oriente, realizaram o projeto voluntário Suporte Básico de Vida (SBV). Destinados aos profissionais da saúde do município, o projeto tinha o objetivo em ampliar e reforçar os conhecimentos de suporte básico, para rápido reconhecimento e atuação eficaz em situações potencialmente fatais, até a chegada de serviço médico especializado.

Contando com 30 alunos voluntários, o projeto foi estruturado em formato teórico e prático, onde em primeiro momento tiveram uma exposição do conteúdo e logo após, ensinamentos práticos e didáticos em manequins de simulação realística.

Para a escolha do tema, os alunos analisaram o histórico de óbitos por PCR (parada cardiorrespiratória) e tendo em vista ser uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo, e a alta taxa de mortalidade no ambiente extra-hospitalar, concluíram que uma RCP (reanimação cardiorrespiratória) de qualidade é algo imprescindível no atendimento inicial das vítimas.

Os alunos visaram ampliar os conhecimentos de suporte básico de vida para os profissionais de saúde e pessoas leigas das comunidades, assim como a identificação da parada cardiorrespiratória e a busca por um serviço de emergência local. Todas essas ações são necessárias para reduzir as altas taxas de mortalidade da população, por intermédio de educação básica em saúde.

A ação ocorreu no Salão de festas Oriente Hall em São João do Oriente - MG e contou com aproximadamente 50 ouvintes entre profissionais da saúde do município e colaboradores. Ihágara Souza, uma das organizadoras do projeto, contou como foi poder fazer parte da ação. “Foi uma experiência incrível! Promover educação em saúde de um tema tão importante, na minha cidade natal, foi muito gratificante. Com certeza a cidade irá colher bons frutos desse projeto voluntário. ” Junto a ela, estavam na linha de frente os alunos Samantha Oliveira Brum, Igor Barrack Santos e Luísa Viana de Almeida.

Diante da atual situação epidemiológica da pandemia de COVID-19, todas as medidas de segurança e higienização foram asseguradas para que o projeto ocorresse de forma segura.


Fonte: