às 09:33:00

Univaço cria campanha durante o mês de junho para incentivar a doação de sangue

Chamada de Campanha Pela Vida a ação institucional contará com publicações nas redes sociais da Univaço. Estoque do Hemocentro que abastece o Vale do Aço está extremamente baixo.

Junho Vermelho é o mês destinado a ações de incentivo à doação de sangue. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada mil brasileiros, apenas 16 doam sangue e em março de 2020, quando a pandemia do novo Coronavírus invadiu o país, houve redução de 30% das doações, gerando um alerta aos hemocentros.

Sabe-se que a necessidade de sangue seguro é universal e em meio a pandemia isso se tornou ainda mais escasso. O sangue doado é essencial para tratamentos e intervenções urgentes e pode ajudar pacientes que sofrem de condições com risco de vida, além de apoiar procedimentos médicos e cirúrgicos complexos. Ele também é vital para o tratamento de feridos durante emergências de todos os tipos (desastres naturais, acidentes, conflitos armados etc.) e tem um papel essencial nos cuidados maternos e neonatais. Vale ressaltar, que a pandemia do COVID-19 afetou consideravelmente os estoques de sangue do hemocentro, todos os tipos, principalmente O+, O- e A+ sendo necessária, com maior urgência, da doação desses tipos sanguíneos.

Pensando nisso, a Univaço criou a Campanha Pela Vida, onde será compartilhado no decorrer do mês, através de nossas redes sociais, informações importantes a respeito do assunto para gerar uma mobilização.

 A data oficial, dia 14 de junho, foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner, imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e as várias diferenças entre os tipos sanguíneos. O principal objetivo da campanha é de agradecer aos que já fazem parte dessa ação e também incentivar novos doadores.

Para os interessados em doar, a coleta do sangue é realizada no Hemocentro Regional de Governador Valadares, ligado à Fundação Hemominas. Entre os dias 14/06 até 19/06 acontecerá ações de mobilização como entrega de camisas e lanche diferenciado para os doadores. Também é possível doar no setor de Hemoterapia do Hospital Márcio Cunha na Unidade I, que atende à demanda interna.

Para ser operacionalizada, o município custeia o transporte à cidade vizinha em veículo próprio, com 14 vagas, além de cuidar da alimentação dos doadores. O serviço é realizado uma vez por semana, sempre às quintas-feiras com saída às 7h do Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM), que fica localizado no bairro Cidade Nobre. O retorno se dá por volta das 14h.

A legislação trabalhista garante um abono do dia trabalhado, a cada 12 meses, em caso de doação de sangue voluntária comprovada pelo trabalhador. A Agência Transfusional do HMEM realiza o cadastramento de novos voluntários presencialmente, no hospital, e pelo telefone (31) 3828-5637, que funciona 24h por dia. É possível também agendar pelo site www.hemominas.mg.gov.br.

Para aqueles que querem doar no HMC, basta agendar sua doação pelo (31) 3829-9600 ou pessoalmente, no guichê 16 da Recepção Principal da Unidade I do hospital (no bairro das Águas). A doação é realizada no setor de Hemoterapia do HMC, de forma rápida e segura.


Fonte: