às 16:12:00

Nota mínima do Enem para entrar na faculdade: existe? Qual é?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um sistema de avaliação criado para o ingresso dos estudantes em instituições de Ensino Superior.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é um sistema de avaliação criado para o ingresso dos estudantes em instituições de Ensino Superior. Existem algumas maneiras de iniciar a sua vida acadêmica usando a nota da sua avaliação. Leia mais e descubra algumas delas!

Como posso ingressar em uma faculdade com a nota do Enem?

Existem muitas formas de ingressar em uma faculdade por meio do Enem. A nota mínima para isso dependerá do caminho pelo qual você escolher seguir: você poderá optar por um programa do governo ou até mesmo por usar a sua nota para substituir o vestibular tradicional, por exemplo. Conheça melhor alguns desses caminhos:

Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 

Criado pelo Ministério da Educação (MEC), esse sistema utiliza as notas obtidas no Enem para o ingresso em faculdades públicas. Para essa forma de admissão, o único requisito é não zerar a redação. Algumas universidades, porém, exigem uma nota mínima em algumas áreas de conhecimento.

Você também precisará alcançar a nota de corte do seu curso, que dependerá de fatores como a graduação escolhida, o turno, a quantidade de vestibulandos disputando as vagas e a modalidade de concorrência (ampla concorrência ou algum tipo de cota).

Programa Universidade para todos (ProUni) 

Esse programa, também do MEC, foi criado com o objetivo de oferecer bolsas em universidades particulares para estudantes com condição financeira reduzida. Elas podem ser oferecidas de forma parcial ou integral, o que dependerá da renda de cada participante. O aluno que requisitar os recursos não poderá ter diploma de curso superior e deverá obedecer aos demais critérios preestabelecidos.

Em um primeiro momento, as oportunidades são abertas apenas para quem fez a prova imediatamente anterior à inscrição no programa. Posteriormente, são abertas vagas remanescentes para os estudantes que realizaram a prova a partir de 2010.

Em relação às notas, entre os requisitos para conseguir a aprovação no programa estão: ter alcançado média igual ou superior a 450 pontos nas provas de conhecimento do ENEM e conquistar um percentual acima de zero na redação. As notas de corte para a entrada nos cursos dependerão, entre outros fatos, da faculdade escolhida.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)

O FIES foi criado pelo MEC com a finalidade de conceder financiamentos a estudantes para o ingresso em instituições privadas de ensino superior.

Atualmente, os requisitos em relação às notas são os os mesmos do ProUni: alcançar uma média mínima de 450 pontos na prova de conhecimento e não zerar a redação. A renda mínima exigida normalmente é maior que a do programa de bolsas e, as notas de corte por sua vez, costumam ser menores.

Porém, segundo o Portal Quero Bolsa, haverá algumas alterações nesses requisitos. A primeira delas é que o programa não possuirá mais limite máximo de renda a partir do segundo semestre deste ano. Outra alteração é a nota mínima necessária na redação, que passa a ser 400 pontos a partir do primeiro semestre de 2021.

Ao contrário do ProUni, o FIES é um financiamento e o valor desembolsado pelo governo precisa ser pago pelo estudante a partir do final da sua graduação

Substituição aos vestibulares

Algumas das universidades particulares permitem que o estudante opte por não fazer o vestibular tradicional, podendo usar a sua nota no Enem para ingressar na instituição. Nesses casos, as regras do processo são definidas pela própria faculdade. Além disso, a sua aprovação dependerá do curso que você escolher e se sua nota será suficiente para ser aprovado(a) nele.

Não fique ‘’no mínimo’’!

Ainda que depois dessas informações você conclua ser fácil alcançar a nota mínima para os Programas do Governo, por exemplo, é interessante definir metas de estudo que lhe proporcionem as notas mais altas possíveis. Quanto maior a sua nota no Enem, mais possibilidades você terá para ingressar em uma faculdade. Por isso, se atente à algumas dicas rápidas que podem te ajudar nesse desafio:

  1. Refaça provas de anos anteriores do ENEM: essa prática pode te ajudar a habituar-se com o formato e estilo das questões da avaliação;

  2. Leia conteúdos sobre temas atuais: criando esse hábito, você estará pronto(a) para abordagens sobre temas contemporâneos. Além disso, o hábito de leitura favorece o seu repertório cultural, o que é muito bem-vindo para os vestibulandos;

  3. Use um cronômetro ao fazer simulados: isso te ajudará a controlar melhor o seu tempo, evitando que, no dia da prova, ele fuja do seu controle;

  4. Pratique a sua escrita: escrever redações, por exemplo, pode te ajudar a desenvolver a sua capacidade de escrita e argumentação;

  5. Prepare-se: separe um momento para ler as regras sobre a realização da prova. Esse ato evitará que você se surpreenda com algumas exigências ou até mesmo seja desclassificado.

Fonte: