às 12:00:00

Nota do Enem: como calcular a minha?

Como calcular a minha nota do Enem?

Diversas universidades e faculdades, do Brasil, utilizam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como substituição da tradicional prova do vestibular e permite que os alunos com boas notas consigam bolsas de estudos. Por isso, se preparar bem para fazer a prova é um ótimo caminho para quem quer fazer uma graduação.

O Exame não é uma prova tradicional, separada por disciplinas como as estudadas no colégio. A avaliação inclui questões interdisciplinares, divididas em quatro áreas do conhecimento: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, além da redação.

 

Então como calcular a nota do Enem?

O Enem tem uma forma de cálculo, do resultado do aluno, baseado na Teoria da Resposta ao Item (TRI). Isso significa que para saber sua nota do Enem não basta somar a quantidade de questões corretas, conforme o gabarito, pois a TRI é feita a partir de modelos matemáticos e divide as questões por nível de dificuldade (fácil, médio e difícil). Basicamente, quanto menos candidatos conseguirem resolver uma questão, mais difícil ela é considerada.  

Além disso, o sistema de avaliação considera algumas premissas: se um candidato acertou poucas questões fáceis e algumas difíceis, por exemplo, é possível que elas tenham sido chutadas e ele não receba uma nota tão alta quanto outro que acertou diversas perguntas difíceis. 

Como o grau de dificuldade considerado pelos avaliadores não é sinalizado nas questões da prova, não é possível saber ao certo qual será sua nota antes da divulgação oficial do resultado da prova.

Como aproveitar a nota do Enem?

Depois da publicação do resultado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC),  você pode calcular a sua média para saber se conseguirá ingressar em alguma faculdade. Este cálculo é mais fácil e pode ser feito de duas formas:

  1. A primeira delas é a média simples. Basta pegar as notas de cada uma das áreas de conhecimento mais a redação, somar e dividir por cinco;
  2. A segunda forma de calcular, atribui pesos diferentes para cada área. Isso porque algumas instituições que utilizam o Enem como forma de ingresso consideram essa diferença por matéria. Neste caso, é preciso saber qual é o peso (peso 1, 2 e 3) que a universidade de seu interesse aplica para a nota de cada área do conhecimento. Depois disso, multiplique cada nota pelo peso atribuído pela instituição e divida pela soma dos pesos.

Além de usar a sua nota para ingressar em uma instituição, você também pode aderir a algum programa do governo federal para estudar, como Fies e Prouni, por exemplo. Para eles, é necessário ter obtido acima de 450 pontos e não zerar a redação.

Quer saber mais sobre o assunto? 

Confira o post Como faço para entrar em uma faculdade pelo Enem? 


Fonte: