às 16:26:00

Acessibilidade: alunos aprendem libras na Univaço

O Brasil tem mais de 200 idiomas falados e apesar do domínio da língua portuguesa, esta não é suficiente para atender todas as necessidades de expressão da sociedade pluricultural brasileira. A surdez por exemplo, que está entre as deficiências mais prevalentes no Brasil, é uma das necessidades não atendidas. Isso acontece porque o ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) não está inserido na educação básica do brasileiro e nem nas escolas de ensino superior, apesar do decreto Nº 5.626, de 2005, que determina a inclusão da Libras como disciplina curricular nos cursos superiores. Em instituições médicas, por exemplo, o ensino de Libras é pouco difundido, e este cenário constitui um problema de saúde pública relevante, mas pouco abordado.  

Sabendo da dificuldade de comunicar com essa importante parcela da população, a Univaço oferta o ensino de Libras para os seus alunos. A inclusão na grade curricular visa promover atendimento humanizado e ético ao paciente surdo, garantindo o sigilo médico. Com isso o acadêmico se forma na Univaço com conhecimento básico em Libras para se comunicar com este paciente e, assim atendê-lo integralmente.  

Para a professora de Libras da Univaço Carmelina Cabral, a Língua de Sinais na área da saúde aproxima o médico do paciente, encurta a distância e torna o profissional mais humano. “Quando um paciente surdo vai ao consultório e tem suas necessidades atendidas fica muito feliz, ele se sente abraçado e acolhido pelo profissional. Isso faz a sua ida ao médico mais satisfatória. Além disso, o ensino dessa disciplina na Univaço demonstra o compromisso social da Instituição e o quanto ela se preocupa com o meio na qual está inserida; é um diferencial da faculdade. ”  

Diferencial que a acadêmica Alyne Monteiro, do 8° período, busca para o seu futuro profissional. “Essa disciplina é muito importante para nós, futuros profissionais da saúde, pois com ela podemos compreender melhor o paciente surdo no consultório.  Fico feliz da minha faculdade me ofertar o ensino da Libras, pois além de me proporcionar todas as competências técnicas para ser uma boa profissional, me dá, também, a oportunidade de me desenvolver pessoalmente, sendo mais humano. ”  

Informativos de saúde em Libras

Nas aulas da disciplina de libras os alunos desenvolvem cartazes com informações sobre saúde inclusiva com mensagens em Libras e na língua portuguesa. O objetivo do projeto é divulgar esses cartazes em locais públicos como Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Ipatinga para comunicar com a toda a população, principalmente a surda.


Fonte: